• Seja Bem Vindo!
  • 28 de Abril de 2017
Polícia prende dois suspeitos de matar Loalwa, em Saquarema
Publicado em: 19/01/2017 Às 18:40 - Atualizada em 19/01/2017 Às 18:44

Por Portal Jornada

Da Redação, em Macambu

(Portal Jornada / Reprodução)

Um homem de 23 anos suspeito de envolvimento na morte da cantora Loalwa Braz Vieira, encontrada morta nesta madrugada, foi preso no início da tarde desta quinta-feira (19) em Saquarema, na Região dos Lagos do Rio. Segundo a polícia, o rapaz confessou ter cometido o crime. Logo depois um outro jovem, de 21 anos, identificado como Gabriel, também foi preso.

De acordo com informações da Polícia Civil, Wallace de Paula Vieira trabalhava há cerca de 15 dias na pousada que pertencia a Loalwa. Ele foi preso no momento em que o delegado titular da 124ª DP, Leonardo Macharet, responsável pelas investigações do crime, esteve na pousada acompanhado de uma testemunha e de agentes da Polícia Militar para realizar novas diligências.

Wallace deixou o local algemado e mostrou aos policiais onde estavam alguns objetos que teriam sido escondidos pelos cúmplices. Entre eles, um disco de ouro do grupo Kaoma, donos do sucesso “Chorando Se Foi”, onde Loalwa era vocalista.

O delegado Leonardo Macharet, da 124ª DP, deu entrevista nesta tarde. “Entraram na pousada e bateram nela com um pedaço de madeira, que foi localizado. Apreendemos uma faca e uma camisa com sangue. No momento do crime ela gritava muito, eles resolveram levá-la para o carro. Um dos autores iria sair com ela do local, mas parece que o carro morreu e eles atearam fogo nela ainda viva”, disse.

A polícia trabalha com a hipótese de latrocínio. Os presos serão levados para o Complexo Penitenciário de Bangu, no Rio.

  • Link Encurtado P/ Matéria:
Comentários
Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.

Publicidade

O Portal Jornada traz as principais notícias da Região Norte, Noroeste, Lagos e Serrana do Rio.