• Seja Bem Vindo!
  • 18 de Novembro de 2017
Pastor evangélico é preso em Campos suspeito de estuprar neto de 12 anos
Publicado em: 16/11/2016 Às 16:54 - Atualizada em 16/11/2016 Às 17:03
Por Portal Jornada Da Redação, em Macambu

(Portal Jornada / Reprodução)

luan

Agentes do Grupo de Investigação Criminal (GIP) da 134ª Delegacia Legal de Campos prenderam nesta quarta-feira (16) um pastor evangélico suspeito de abusar sexualmente do neto de 12 anos.

De acordo com informações da delegada adjunta, Madeleine Faria, o pastor oferecia dinheiro para ter relações sexuais com a criança e para que o silêncio fosse mantido.

No último domingo (13) a vítima e o pai foram à delegacia denunciar o estupro, relatando que a vítima teria sofrido abusos no início deste mês. O crime, a princípio, vinha acontecendo desde quando o garoto tinha 10 anos de idade.

De imediato, a delegada requereu pela prisão do pastor, que foi preso em casa. “Eu pedi a prisão temporária (de cinco dias, podendo ser prorrogada) justamente para que as investigações continuem para a gente investigar se outras crianças, que também tinham acesso a casa, foram vítimas de abusos, mas até então não temos outras notícias”, disse Madeleine informando que o pastor é casado com a avó da vítima há muitos anos e a considerava como neto.

O pastor foi conduzido para a Cadeia Pública Dalton Crespo de Castro, em Campos.

Com Ururau

  • Link Encurtado P/ Matéria:
Comentários
Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.
O Portal Jornada traz as principais notícias da Região Norte, Noroeste, Lagos e Serrana do Rio.