//Dono do helicóptero apreendido com cocaína vira diretor da CBF

O deputado estadual Gustavo Perrella (Solidariedade-MG) é o novo diretor de Desenvolvimento e Projetos da CBF (Confederação Brasileira de Futebol). Ele ficou nacionalmente famoso em 2013 quando um helicóptero registrado no nome de uma de suas empresas foi apreendido pela Polícia Federal com 445 kg de cocaína no Espírito Santo.

As informações são do jornal Folha de S. Paulo. Segundo a publicação, a nomeação ocorreu há três meses, mas ela só foi publicada agora após a CBF ser questionada sobre o assunto.

Gustavo é filho do senador Zezé Perrella (MDB-MG), que foi presidente do Cruzeiro por dois mandatos. Tanto Gustavo como Zezé foram investigados pelo helicóptero com cocaína, mas foram inocentados de ter ligação com o narcotráfico.

O piloto do helicóptero era Rogério Almeida Antunes, funcionário da Assembleia Legislativa de Minas indicado por Gustavo Perrella. Após o escândalo, Antunes foi exonerado.

Antes de assumir seu atual cargo na CBF, Gustavo Perrella foi Secretário Nacional de Futebol no governo de Michel Temer (MDB).