//Governo do RJ libera retomada gradual do transporte intermunicipal a partir deste sábado (6)

O Governo do Estado determinou nesta sexta-feira (5) o retorno gradual do transporte intermunicipal de passageiros a partir deste sábado (6). O decreto com a medida foi divulgado em edição extra do Diário Oficial nesta sexta.

O transporte intermunicipal coletivo estava interrompido desde o início das medidas de isolamento social em março. Segundo o poder executivo do estado, medida “visa atender às demandas sociais e econômicas, tendo em vista a flexibilização progressiva do isolamento social adotada por diversos municípios”.

Os trabalhadores reclamavam da falta de transporte público para chegar em seus locais de trabalho, na capital do estado.

A partir de sábado, será retomada a operação das linhas rodoviárias e vans intermunicipais, com exceção dos municípios de Barra Mansa, Pinheiral e Volta Redonda. Nessas cidades, permanece restrita a circulação de ônibus intermunicipal, ônibus fretado e vans nas conexões com outras cidades. O transporte coletivo entre os três municípios está mantido.

Deverão operar com ocupação limitada ao número de assentos do veículo as seguintes linhas: que fazem a ligação entre os municípios da Região Metropolitana; entre os municípios do interior do estado; e as de transporte complementar, em qualquer região. De acordo com o decreto, fica vedado o transporte de passageiros em pé.

Já as linhas que fazem a ligação entre a Região Metropolitana e o interior deverão operar com até 50% dos assentos ocupados, nos veículos tipo Rodoviário, e apenas com passageiros sentados, no caso dos veículos tipo Urbano. A fiscalização do cumprimento dessas medidas será realizada pelo Detro, com auxílio das Forças Policiais.

Uso de máscara

A utilização de máscaras de proteção respiratórias também será obrigatória nos transportes coletivo e individual.

O poder executivo também determinou que as concessionárias deverão disponibilizar álcool em gel 70% ou um produto higienizador com eficácia semelhante em todas as estações de trem, metrô e barcas, assim como nos ônibus urbanos e rodoviários do estado.