//Solidariedade: live de músicos de Rio das Ostras arrecada fundos para classe artística local

Em tempos de pandemia, praticar a solidariedade é uma obrigação diária. Em Rio das Ostras, uma live arrecada fundos que são repassadas à classe artística, afetada com o fechamento de bares, restaurantes, casas noturnas e teatro. A próxima edição acontece no domingo, dia 7, às 14 horas, e contará com shows de Thaís Macedo, Beta, Cabelinho, Victor Djavan, Paulinho Macieira e DJ Evandro.

Sem saber quando poderão voltar ao trabalho, por conta do decreto que proíbe aglomerações, os artistas tentam se reinventar e buscar formas para sobreviver. Além do viés solidário, a transmissão também visa divulgar empresas locais, entreter quem está em casa e unir pessoas de diversos lugares do mundo.

A apresentação dura em média três horas e respeita todas as medidas de prevenção ao novo coronavírus, apontadas pela Organização Mundial de Saúde (OMS) e Ministério da Saúde. Na primeira edição, por exemplo, o local onde a transmissão aconteceu passou por uma higienização completa, o que vai ocorrer também em todas as próximas edições.

O dinheiro arrecadado por cada live é distribuído entre os músicos e cantores envolvidos no projeto. O público de casa pode contribuir pela conta poupança disponibilizada através do QR Code que aparece na tela. As transmissões são feitas pelo canal do Youtube da Rádio Energia (youtube.com/104ponto9fm) e pelo Facebook (facebook.com/104ponto9fm).

ATRAÇÃO CONFIRMADA

Beta é uma das atrações do domingo. Riostrense, ela canta desde os quatro anos de idade. Aos sete anos, entrou para o coral da igreja e não parou mais de levar emoção ao público. Sem fonte de renda, Beta se apresentava em casas noturnas, mas com a pandemia, foi obrigada a parar as apresentações. A cantora promete levar muito MPB e pagode. “Estou bem otimista com o evento, é uma live solidária que vai ajudar muitos músicos que estão parados e sem fonte de renda. Gostaria de convidar todo o meu público para assistir a Energia Live Music, e, principalmente, doar neste momento difícil que a classe cultural está enfrentando. Nossa alegria hoje se chama Live”, disse Beta.

O PROJETO

As lives começaram a ser realizadas no último domingo, dia 31, com iniciativa da Rádio Energia FM 104.9, em parceria com empresas privadas.