//PF e MPF deflagram 2ª fase da “Operação Scepticus” em Carapebus

Policiais Federais e o Ministério Público Federal cumpriram quatro mandados de busca e apreensão nas cidades de Carapebus e Campos dos Goytacazes, nesta sexta-feira, apreendendo medicamentos, equipamentos de proteção individual (EPIs), materiais de limpeza entre outros. A ação visa aprofundar as investigações sobre desvios no Fundo Municipal de Saúde da cidade de Carapebus. As investigações identificaram indícios de fraude em dispensas de licitação realizadas para aquisição de medicamentos, EPIs, testes rápidos para COVID-19, locação de equipamentos e insumos hospitalares e contratação de empresa para montagem de hospital de campanha.

Entre os indícios de fraudes verificados estão: a escolha de empresas antes mesmo da instauração de processos de licitação com sede em endereços residenciais, sem empregados e bens; contratação de fornecedor que possui vínculo familiar com servidor lotado na Secretaria de Saúde e apresentação de propostas de cobertura e montagem de processos de dispensa de licitação. A soma de recursos públicos envolvidos nas dispensas de licitação investigadas alcança a cifra de aproximadamente R$ 5.100.000,00.

A palavra de origem latina scepticus significa ceticismo, que traduz a falta de crença nas ações empreendidas pelos agentes públicos e empresários investigados nas ações de combate ao COVID-19